Lagarta do Pinheiro

Os animais domésticos, especialmente o cão, devido à sua aguçada curiosidade, são frequentemente vítimas de intoxicação por contacto com a lagarta do pinheiro (processionária). É uma intoxicação de carácter sazonal, ocorrendo mais frequentemente em Fevereiro e Março. A intoxicação ocorre através do contacto do animal com os pêlos das processionárias, que funcionam como finas agulhas, injetando a toxina através da pele ou mucosas. O aparecimento dos sinais clínicos é súbito e violento, caracterizando-se principalmente por lesões na zona de contacto. Se o animal não for socorrido imediatamente, o estado clinico poderá agravar-se.
É de extrema importância tentar manter o seu animal de estimação afastado de focos de processionária e, caso entre em contacto com alguma, dirigir-se imediatamente ao seu Médico Veterinário assistente.

Lagarta do Pinheiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

EnglishFrenchPortugueseSpanish